domingo, 28 de novembro de 2010

Altíssimos critérios

Esta segunda vou ter teste de Português. Na última aula, a professora esteve a dar algumas dicas sobre a matéria que poderia sair. Começou por explicar que seria “Os Lusíadas” a matéria mais importante. Depois foi diminuindo o horizonte de possibilidades, até garantir especificamente que tipo de perguntas seriam feitas, quais os episódios que poderiam surgir e até o tema da composição. Pediu-nos para pensar sobre as críticas que Camões tece à sociedade do seu tempo, e para fazermos uma comparação entre essa sociedade e a nossa. Perguntei porque é que estava já a revelar o tema da composição, e ela explicou-me: “Para vocês terem tempo para pensar sobre isso durante o fim de semana; senão chegam ao teste, apanham uma surpresa e saem umas coisas estranhas e mal pensadas”.
Exacto. A minha professora de português é responsável e profissional. Todos sabemos que convém revelar ao aluno o conteúdo do teste três dias antes do mesmo. Os alunos que estejam no décimo segundo ano de escolaridade querem-se atrasados mentais, e por isso convém dar-lhes o fim-de-semana para reflectir sobre uma composição de meia página. Isto porque eles podem ter dificuldades em usar o cérebro durante o teste (e eu que até pensava que era para isso que a escola servia), e depois têm más notas. A exigência leva a más notas, por isso em vez de se elevar os critérios o melhor é colocá-los ao nível intelectual das amibas. Eu proponho que se faça o mesmo com todas as disciplinas. O melhor mesmo era disponibilizar os exames nacionais, com várias semanas de antecedência. Para dar tempo aos alunos para reflectir nas respostas que vão dar, percebem?
Alguém perguntou porque é que a educação está uma vergonha?

5 comentários:

Ana Sousa disse...

É nestas alturas que tens saudades da nossa professora de português não?! =P

Renato Rocha disse...

Nem imaginas... Essa professora é que era!

What disse...

E não é que ela faz isso todos os anos?
Essa prof é um caso muito especial xD
A gente conseguia sistematicamente convencê-la a irmos todos embora almoçar mais cedo, porque tínhamos tido 3 horas de projecto e tavamos muito cansados... xD

Cristina Rocha disse...

Muito bom, primo, muito bom.... mi#""$-me a rir!!!!! Bjs e continua, agora comecei a ler, vais ter de me aturar!!!!

Renato Rocha disse...

Ena! Uma prima! Olá e muito bem vinda! Como vai a minha família "desse lado2?