quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Momento de Poesia: "Arrota Perdiogota"

Arrota Perdigota

O notário não deixou

Assim ficou

Maria das Neves

Na certidão de nascimento.

E sua mãe, brandindo aos céus

Perdicota nascida e criada

Vilipendiava a burocracia

Do país

Porque, segundo diz

Perdiota queria que fosse

Sua filha

E não a deixam.



(os americanos têm uma forma de descrever o que acabou de acontecer neste Momento de Poesia. Chamam-lhe "hitting a new low")

.

3 comentários:

Xuxu disse...

um bocado Maria Albertina... xD

e sim, hitting a new low é o termo xD

Francisco Fachadas disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Francisco Fachadas disse...

SOU O IRMÃO DA ANGELA